19 de agosto de 2016

INKY amplia as possibilidades sonoras no disco Animania

INKY

Produzido por Guilherme Kastrup e registrado no Red Bull Studios, segundo disco da carreira traz sobreposições de ritmos e estrutura mais orgânica; show de lançamento será no dia 27 de agosto, no Centro Cultural São Paulo

Experimental e eletrônico foram termos constantemente associados a Primal Swag (2014), elogiado álbum de estreia da banda paulista INKY. Com o segundo disco da carreira, Animania, que chega hoje ao YouTube (e estará disponível no streaming a partir de 26 de agosto), o grupo se propôs a trabalhar mais as músicas como canções, além de explorar ritmos diferentes e fugir um pouco da rigidez dos loops de synth e da estética da música eletrônica.

“Parallax” é a faixa que abre o álbum (e também foi escolhida como primeiro single) justamente por evidenciar este novo caminho. “Antes, a sonoridade eletrônica era a primeira característica a ser notada na canção; tudo partia do sintetizador. Agora, ele é moldado a partir dos instrumentos”, explica o baixista Guilherme Silva.

Produzido por Guilherme Kastrup, que assinou recentemente o aclamado A Mulher do Fim do Mundo, de Elza Soares, o disco do grupo – formado por Luiza Pereira (vocais e sintetizadores), Guilherme Silva (baixo), Stephan Feitsma (guitarra) e Luccas Villela (bateria) – foi ganhando forma em ensaios entre uma turnê e outra; e evidencia uma transportação do entrosamento e da experiência adquiridos no palco para as novas composições.

O discurso da banda teve como inspiração as reações inerentes ao comportamento coletivo e muitas vezes instintivo. Características bastante perceptíveis na abordagem sobre sexo na música “When the Fire Burns”; na faixa “In the Middle Of a Rising”, que tem o levante popular como tema; e em “Devil’s Mark”, que traz uma forte interpretação sobre o feminino – certamente potencializada pela presença dos metais da banda Bixiga70. Kastrup também aparece como participação especial. Ele colabora com a polirritmia de “Future Tongues”.

Animania apresenta uma banda INKY com mais sonoridades, resultado da chegada de Luccas ao comando da bateria, em novembro de 2015.

“Dualism”, “Skinned Alive” e “The Rarest Good” completam as oito faixas do álbum. Registrado no Red Bull Studios São Paulo, o segundo trabalho do grupo aponta para um amadurecimento e atesta: não importa se com guitarras ou sintetizadores, o INKY é uma banda de rock.

O show de lançamento de Animania já tem data marcada:

Lançamento de Animania, novo CD da INKY @ CCSP
Data: 27 de agosto, sábado
Horário: 19h
Local: Sala Adoniran Barbosa @ Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000, Liberdade, São Paulo – (11) 3397-4002
Capacidade: 622 lugares
Recomendação Etária: Livre
Ingressos: R$ 20 (com possibilidade de meia-entrada) | pelo Ingresso Rápido e na bilheteria do CCSP (terça a sábado, das 13h às 21h30; domingos, das 13h às 20h30)

ANIMANIAAnimania
Gravado no Red Bull Studios
Produzido por Guilherme Kastrup & INKY
Mixado por Gustavo Lenza
Masterizado por Felipe Tichauer
Engenheiros de som: Rodrigo Funai & Alejandra Luciani

Ouça aqui

Sobre INKY:
A banda começou a sua trajetória em 2010, mas ganhou atenção do público e da mídia em 2011, quando foi convidada para abrir o primeiro show do LCD Soundsystem no Brasil. O primeiro EP, Parallels, resultou no convite para abrir o show do The Vaccines na capital paulista, enquanto o videoclipe de Baião, que saiu em 2014, foi escolhido como o melhor do país pelos canais MTV e VH1 e pelo Museu da Imagem e do Som de São Paulo. Também em 2014, a INKY lançou o seu primeiro álbum, Primal Swag, gravado no Red Bull Studios. A boa repercussão do disco garantiu o grupo na programação de festivais – nacionais e internacionais – de prestígio, como MECA (SP), Picnik (DF), Bananada (GO), DoSol (RN), Contato (SP) e Coquetel Molotov (PE), Primavera Fauna (Chile), Primavera Sound (Barcelona), entre outros.

INKY na web:
Facebook
YouTube
Instagram

ÚLTIMAS DO BLOG

ARQUIVOS

VOLTAR PARA